quinta-feira, 6 de outubro de 2011

ES: Quadrilha explode caixa eletrônico e troca tiros com a PM em Braço do Rio. O caso aconteceu no distrito de Braço do Rio, em Conceição da Barra. Os bandidos fugiram e ainda não foram localizados

GAZETA
O sossego do pacato distrito de Braço do Rio, situado às margens da BR-101 em Conceição da Barra, foi quebrado por assaltos e troca de tiros por volta das 3h30 desta quinta-feira (6). Um grupo de bandidos fortemente armados invadiu a agência do Banestes, explodiu e tentou roubar dinheiro de um caixa eletrônico. Sem sucesso, assaltaram uma loja de celulares. Depois, ainda trocaram tiros com a polícia e fugiram. Ninguém foi preso ainda.

De acordo com a PM, pelo menos cinco homens fortemente armados chegaram ao Banestes. Eles estavam em dois carros: uma caminhonete GM S-10 de cor prata, roubada horas antes em Braço do Rio; e em um Fiat Palio de cor vinho, roubada na última semana de um policial militar na Bahia. Os bandidos destruíram as portas de vidro e, em seguida, explodiram o caixa eletrônico da agência, mas não conseguiram levar o dinheiro.

Segundo a Polícia Militar, após a tentativa frustrada de roubo ao caixa eletrônico, eles quebraram a vidraça de uma loja revendedora de celulares - que fica ao lado - e levaram vários aparelhos telefônicos. A PM foi acionada, e quando os policiais chegaram ao local, foram recebidos a tiros pelos bandidos. Quando os militares chamaram reforço, a quadrilha fugiu no sentido Pinheiros. Toda a ação durou cerca de 15 minutos. Uma mulher que abriu a janela para ver a movimentação foi ferida de raspão por uma bala na face.

Conforme a PM, na fuga, os bandidos pararam no distrito de Sayonara e incendiaram um dos veículos usados na ação. Os militares fizeram buscas na região mas ninguém foi preso ainda. Segundo os policiais, uma mulher que haviaA Polícia Civil vai investigar o caso.

Perseguição
Durante a perseguição à quadrilha, a Polícia Militar parou um táxi para pedir informações e suspeitou do comportamento do motorista. Os militares abordaram os passageiros e eles fugiram pulando um muro. Os policiais conseguiram prender os dois homens e, ao revistarem o veículo, encontraram 400 pedras de crack, papelotes de cocaína e armas de fogo.

O material apreendido e os homens presos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de São Mateus, onde permanecem detidos. O taxista também foi levado à delegacia, onde foi ouvido e liberado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário